Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Definições Hebraicas sobre o AMOR!

Bem no meio da bíblia, há uma coleção de amor hebraicos muito explícitos e eróticos que jovens judeus não tem permissão de ler até terem mais idade.
O cânticos dos cânticos nos dá uma série de imagens do relacionamento entre homem e mulher. A Alegria, o conflito, a perplexidade. É como se o amor que esse casal explora tivesse uma vida própria. A mulher diz várias vezes: “ Não acordeis nem desperteis o amor até que ele o queira.”
É como se ela dissesse: “Seja o que for, é tão bom, é tão lindo, não podemos fazer nada para estraga-lo.”
Nós usamos e abusamos dessa velha palavra “amor”. Não é?
Nós dizemos que amamos uma pessoa,  e logo depois falamos de como amamos um carro novo  ou um certo par de calças. Afinal, eu amo a minha esposa. Eu também amo pastéis?
Mas temos de lembrar que o Cântico dos Cânticos foi escrito originalmente em hebraico, que tem três palavras pelo menos que correspondem ao nosso “amor”.
A primeira é a palavra “raya”. “Raya se traduz literalmente como “amigo” ou “companhei…

Últimas postagens

A Rede Sombria - Pedofilia

Texto do Grulha

Pais latinos

Pais Siríacos

Os Padres Capadócios

Pais Gregos

Pais Apostólicos

Pais da Igreja

Estou de volta.

Balanço de 2015

Prêmio TopBlog 2013, agradecimentos!