Passaram por aqui:

terça-feira, outubro 06, 2015

Sobre o amanhã.

Não quero flores no meu caixão. 
Foi o que ouvi ontem. 
Cheguei a conclusão que também não quero. 
Também não quero coroas de flores. 
Sempre quis um buquê de rosas e até hoje com vida só ganhei uma única vez da minha mãe, no meu aniversário. 
Faz tanto tempo isso...
E nem quero palavras de homenagem ou de perdão quando eu não estiver mais viva.
Se você não fizer isto enquanto eu estou viva, não venha dizer quando eu estiver 'morta', porque não vou ouvir.
A morte é um chiste...


Ps.: Rosas amarelas são as minhas preferidas. 

Inté mais ler,

Anne Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!