Passaram por aqui:

sexta-feira, outubro 23, 2015

Pra Longe.

Pensei em escrever tantas coisas, até escrevi e desisti de postar, até perceber que eu não precisava escrever mais nada.
A única coisa que eu poderia escrever hoje é uma canção do Felipe Valente do qual eu gosto muito.
Ela representa o que está no meu coração agora.

Inté mais ler,
Anne Araújo


Pai quantas vezes eu chorei
E quantas vezes desabafei
Pai quantas vezes eu senti
Medo de terminar sofrendo
E quantas vezes eu tentei dizer
Pai quantas vezes eu chorei

E eu me sinto sozinho sem ninguém
E eu to tão cansado de correr
Pra longe, pra longe, pra longe,
Longe de ti

Quem poderá me socorrer?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!