Passaram por aqui:

sábado, maio 30, 2015

Seja você

Bom é ser você mesmo sem a necessidade de fingir por medo da rejeição. Bom é poder ser você mesmo e estar em paz com Deus e até com o mundo que te cerca. Porque fingir não é viver. Assumir um papel ou uma máscara de um personagem é um fardo pesado. Bom é ser de verdade, doa a quem doer. E que gostem de mim pelo que sou ou o que não sou, com todas as qualidades e defeitos. O transparente me atrai, gosto de estar perto destas pessoas. Que não precisam fingir e nem esconder aquelas coisas que o mundo condena. Que assume ser o que é e o que não é. Triste é viver de mentirinha, tentar preencher vazios com mentiras. Não desejo este fardo a ninguém. Mas sei que muitas pessoas vivem assim e jamais desfrutarão da verdadeira liberdade. A liberdade que encontramos em Cristo, de assumir nossos erros, sem ter vergonha do julgamento alheio. Saber que se é aceito não por méritos mas por não merecer é que somos aceitos, por um amor incondicional, um amor que vai além da capacidade humana e infinita de compreender uma pessoa que renunciou a tudo para morrer por mim e deseja passar a eternidade comigo. Valorizo este amor. E não preciso mais correr atrás de migalhas de afeto, migalhas de atenção. Não preciso fingir sentimentos para receber carinho e atenção. 

Inté mais ler
Anne Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!