Passaram por aqui:

quarta-feira, outubro 23, 2013

Comercializar o evangelho.

Estas matérias não se pode deixar passar, temos que replicar mesmo!




"Keith Green estava no auge do seu "sucesso" quando começou a perceber que vender CD com músicas cristãs era comercializar o evangelho. 

Ele era músico, vivia disso. Mas chegou um tempo que ele não mais suportou ecancelou o contrato com sua gravadora e resolveu fazer os seus próprios discos e dar ao invés de vender.

Em suas apresentações, ele dizia no final: "Quem quiser o meu CD, deixe o seu nome e seu endereço, que até 6 semanas eles estarão chegando em sua casa." Pela graça de DEUS ele foi sustentado, e não só ele, mas a família dele, e muitos cristãos desabrigados que ele colocava para morar dentro de sua residência.

As pessoas ao receberem o CD doavam alguma coisa no que podiam, ou quando podiam. Por um CD do Keith já chegaram a pagar tanto 1 dólar, quanto 5 mil. DEUS o sustentou.

DEUS é Fiel e não abandona seus filhos. Enquanto uns se denominam verdadeiros adoradores dizendo que só canta se pagar 80 mil reais, eu vejo a total confiança de um servo que abriu mão de todo o conforto e segurança do dinheiro que recebia para depender tão somente da providência daquele que o havia chamado.

Ele faria 60 anos hoje, mas aprouve Deus levá-lo com apenas 28 anos de idade em 1982, mas ele definitivamente deixou um exemplo a ser seguido. "Fiel é aquele que vos chama, e ele também o fará." (1 Tessalonicenses 5:24) "



Inté mais ler,
Anne Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!