Passaram por aqui:

segunda-feira, setembro 09, 2013

Divulgar VOCÊ ou você divulgar o EVANGELHO?

Durante os últimos meses, tem sido cruciais na minha vida, aliás, estamos sempre em evolução. Mudando uma coisa ali outra acolá...errando aqui, acertando lá...
A verdade é que algumas são mais bruscas e por vezes dói. Dói porque percebemos o engano, mas é preferível a verdade que cura e liberta, do que a mentira que anestesia e causa estragos depois.

Eu não sou e nunca fui a favor de difamar ministérios. E não será o meu intuito com este texto. Mas tenho uma obrigação de externar isto, nem que seja neste espaço virtual como fizera antes mesmo de conhecer totalmente a Cristo. Um desabafo!

Não estou procurando pessoas que concordem comigo, porque de imediato algumas não concordarão e eu estou cantando e andando pra isto. Nem me preocupo. 
O fato é que a essência do Evangelho está se perdendo através de líderes irresponsáveis, levando o corpo de Cristo a buscar por bênçãos e coisas materiais. 

Recentemente li um livro sobre a formatação de um igreja denominacional no Brasil, bem conhecida pelos escândalos e também pela prepotência em enganar pessoas na maior cara de pau. Lógico que me identifiquei ali, porque embora o autor retrate fatos reais de como ludibriar as mentes para arrecadar o maior número de grana possível, sinto lhe informar que não é a única igreja denominacional no Brasil  que possui esta formatação.
A diferença que algumas são mais astutas que outras. Elas abafam os escândalos criteriosamente de líderes que praticam sexo com suas ovelhas até extorsão de dinheiro.
Usam da palavra de Deus para usurpar o corpo de Cristo, retirar todo o seu vintém, para satisfazer os seus luxos.
Eu sinceramente, não conheço outro caminho para o homem prosperar dignamente se não for através do trabalho. Mas fizeram do Evangelho um meio fácil para conseguir através da fé de pessoas, ingênuas, crianças na fé,  que por vezes são fracas e acabam caindo no conto do vigário com suas heresias e fábulas.

Eles camuflam suas imoralidades e usurpação do Evangelho. Realizam projetos sociais, mas com o nome da denominação em LETRA$ GARRAFAI$.
Como se não bastasse isto, agora o povo agora quer aparecer e não mais o Evangelho de Cristo.
Cada um que queira exibir o que sua igreja denominacional "faz" pelos perdidos, pelo povo de Deus.

Quando eu comecei a buscar a verdade, por causa da aversão a algumas coisas que aconteciam e que me ensinaram a não questionar e por vezes eu temia, porque faziam o terrorismo que eu ficava em condenação. Eles conseguiam me colocar julgo, até que um dia, como diz a Palavra: Conhecereis a verdade e a VERDADE vos libertará!
Creio na libertação imediata dos nossos pecados e condenação quando nascemos de novo!
Ali estamos livres para viver com Cristo. 
Mas há um tipo de libertação que só vem com o tempo, quando se busca. 
Porque o que é genuíno você acaba perdendo e se perdendo porque aprendeu de maneira errada, sobre o que realmente Cristo quis nos ensinar.

Pensando nesta aversão eu digo que algumas pessoas plagiam frases, ministrações etc. 
Com o passar do tempo, elas (os ouvintes) começam a plagiar também, igual robôzinho.

Porque o sistema impede que elas procurem conhecimento em outras fontes, você não poder ler outros autores, é o que eles dizem porque eles estão com a verdade e a palavra revelada de Deus e então não querem que você perceba o quanto é ludibriado em uma fonte de engano...
E ainda chamam a isto de unção!
Interessante foi quando assisti uma ministração de um destes "ungidos" semanas depois, eu vi a mesma por outro "ministro" de outra denominação. Fiquei chocada, claro! Mas aliviada por ter saído há tempo.
Saído deste engano e engodo.
Tenho aversão ao plágio e da hipocrisia de muitos que se dizem: eu sou de deu$ e não são de DEUS.
Aversão deste zê-lo a uma placa denominacional mas não tem zê-lo pelas verdades do evangelho que reprovam suas atitudes... 

Seria possível algum dia, algum movimento social divulgar apenas o nome de Jesus e não sua placa? 
Seria possível, algum dia as pessoas saírem a evangelizarem sem divulgar sua placa de igreja? 
Estas disputas de placas me cansam!
Gostaria de ver pessoas sendo tratadas como pessoas e não como #dízimos
Pessoas tratadas como ovelhas e não como membros de um partido!
Aversão a gente que bajula quem tem dinheiro! E chama isto de amor ao próximo, e p$nsei que fosse ao dinheiro!

Líderes que se negam a ajudar e impedem a outros que ajudem ao próximo.

Gente, é um processo, só há um único caminho, olhar para Cristo e ser igreja e fazer a diferença, sendo humano, sem negar suas falhas, sem querer ser o super espiritual, o mais cheio do Espírito Santo se é que existe este lance de uns serem mais que outros. Acredito que alguns fluem mais que outros, mas isto não é mérito de ser melhor. Somos todos iguais diante de Deus e por nós Ele nos deu o seu filho amado que era perfeito em tudo... E Ele foi mudo, calado, para aquela cruz, por amor de nós, pecadores.

O que faço para continuar perseverando? Olho para o amor de Cristo por mim, para o autor e consumador da minha fé, deletando tudo aquilo que me afastou o verdadeiro cristianimo e da essência do evangelho.
Não é fácil, porque há muitas correntes doutrinárias e não posso negar, vai chegar um tempo mesmo, de verdade, como li neste livro que as pessoas irão se reunir em suas casas, como faziam na igreja primitiva, dividindo e repartindo, compartilhando da mesma fé, onde a única estrela da vez e de todo sempre era e será sempre: JESUS!

Deus abençoe vocês!
Inté mais ler!


Anne Araújo




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!