Passaram por aqui:

terça-feira, junho 25, 2013

Evangelismo e Missões qual a diferença?



Não faz muito tempo falando pra um amigo sobre um sonho que ele teve de um lugar que o Senhor o deu.
Falei que seria importante estudar sobre o lugar, a cultura, etc etc...
Talvez não tenha sido muito bem compreendida. Pareceu mais que eu queria apressar as coisas, só que não! LOL.
Como Josué até alcançar aquela cidade de gigantes, se preparou. Agora vejo um projeto chamado Josué, terá sido coincidência?
E por acaso, ao pesquisar sobre missões, olha que vídeo precioso achei sobre a definição de Evangelismo e missões por John Piper. Perfeito!
Glória a Deus, porque é o mesmo Espírito. Leiam ou assistam o vídeo abaixo! E se o Senhor já te deu um lugar, estude sobre ele.



Por que a diferença entre evangelismo e missões é  importante?

Eu acho que isto é importante porque facilitaria a perca de missões se você definir tudo como evangelismo.
Tenho um problema quando todos dizem: "Todos são missionários" a menos que ele defina o que um missionário faz além dos outros. Se todos estão fazendo missões, muito provavelmente seria perdida. Aqui é a distinção que estou fazendo.
O evangelismo é falar a qualquer um em qualquer lugar do evangelho. Você não tem que suceder nisto. Evangelismo acontece mesmo que ninguém seja salvo. Mas isso é, dizer o evangelho a qualquer um é evangelismo.
Sua mãe, seu pai, pode ser um cristão. Mas geralmente sabemos que alguém não é cristão. 
Missões é fazer isto atravessando as barreiras culturais, isso envolve aprender novos hábitos culturais, onde não há igrejas e nem outras pessoas fazendo evangelismo, nessa cultura que não tem acesso ao evangelho. E há milhares destes se você ver o "projeto Josué" na internet, www.joshuaproject.org . 
Você verá uma lista de dezesseis mil grupos de pessoas no mundo.
Acho que a última lista que vi é de mais de 16mil, onde a igreja está totalmente ausente ou é bem fraca, que não tem uma base para o seu sustento próprio, para o evangelismo poder acontecer. Então evangelismo é falar do evangelho a qualquer um, especialmente aqueles em sua cultura e missões é realizada em outras culturas e grupos linguísticos que não ninguém fazendo isto. E ainda há um esforço especial em aprender a língua e a cultura, ter todo pensamento antropológico e metodológico necessário para cruzar a fronteira da cultura para plantar a igreja lá e fazer o evangelismo.
John Piper

Fonte:

Um comentário:

Volte sempre!