Passaram por aqui:

domingo, junho 02, 2013

Díz - (i)- mo - (e) com quem andas?

" Se não existisse o dízimo creio que haveria mais sinceridade, as pessoas se ajudariam mais, existiriam menos corruptos na igreja (física), e teria mais pastores por vocação, chamado e não por interesse. "
Lí por aí...
 -
É bem verdade, mas é bem verdade também que por outro lado se não existisse o Díz -(i)- mo (e)  (com quem andas e direi quem és), não saberíamos distiguir os que "são chamados" e "ungidos de Deus" .  Jesus nos advertiu sobre os lobos e que pelo frutos faríamos distinção da árvore.

O amor ao dinheiro não é só uma mal, mas é também um meio de se revelar os corações e o caráter.

Aprendemos também o que o amor ao dinheiro é capaz de fazer. E portanto temos que zelar todos os dias pela nossa vida, para que não sejamos incentivados, ou motivados a cumprir o nosso chamado com as intenções equivocadas. 

Dai de graça aquilo que recebestes de graça.

Não faço apologia a deixarem de dizimar ou ofertar. De maneira alguma. Também sou dizimista e ofertante.

Apenas é lamentável ver o povo sendo enganado, promovendo o luxo e conforto dos "tais ministros do evangelho", fazendo turismo pelos países em uma "obra missionária" para postar fotos no facebook, enquanto que o próprio povo passa necessidade, privações,  ou será que ele não tem fé suficiente para chamar a existência? HaHaHa... (#PiadaFail). 
Cadê o investimento em missões locais? Eu pensava que a igreja é que tinha que sair pra buscar os perdidos, mas hoje não, temos que levar os perdidos para igreja de luxo, confortável, que prega um evangelho de facilidade e que se você aceitar Jesus, você vai ficar muito rico. (Onde está a essência do Evangelho?)

Há uma passagem em Deuteronômio sobre dízimos, DT 26:12 que diz o seguinte:

" Quando acabares de separar todos os dízimos da tua messe no ano terceiro, que é o dos dízimos, então, os DARÁS ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que COMAM dentro das tuas cidades e se FARTEM. " #VelhaAliança

Ok. Velha aliança, tudo bem, concordo, estamos na Graça, não debaixo da lei. 
Mas é engraçado que para se fazer terrorismo acerca dos dízimos, sabem usar Malaquias 3:8-12 #VelhaAliança

Quanto a tudo isto que está ocorrendo por aí a Palavra nos garante:

" O Destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com coisas terrenas. Filipenses 4:19

“Ministério não é cargo; é estilo de vida dedicado a promover a fé e a santidade de outras pessoas.” Jonh Piper

Assistem o vídeo abaixo.




Sejamos a diferença que o mundo tanto quer ver.
Inté mais ler!
Anne Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!