Passaram por aqui:

segunda-feira, maio 27, 2013

Corpo de Cristo dividido?


Semana passada estava lendo o livro de Gênesis e embora já tenha lido, me propus a reler novamente, e um capítulo em específico me chamou a atenção.

Gênesis 11:1-8 que diz: 
" E era toda a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala.
E aconteceu que, partindo eles do oriente, acharam um vale na terra de Sinar; e habitaram ali.
 E disseram uns aos outros: Eia, façamos tijolos e queimemo-los bem. E foi-lhes o tijolo por pedra, e o betume por cal.
E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.
Então desceu o SENHOR para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam;
E o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer.
Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro.
Assim o SENHOR os espalhou dali sobre a face de toda a terra; e cessaram de edificar a cidade. "

Interessante é que percebo o que este povo tinha em comum a mesma visão. E sabiam que se permanecessem desta maneira, não seria dispersos, não haveria divisão.
Até conjecturo que eles poderiam ser diferentes em seus temperamentos, personalidades, gostos, mas a visão era igual e por este propósito valia apena deixar de lado as diferenças. Mas para o Senhor a visão estava errada porque eles queriam roubar a glória de Deus. (É diferente hoje? Cada templo hoje concorre com outros para ver quem tem mais ovelhas, que não são suas. Eu gosto do versículo de Jeremias 23 que se encaixa bem neste contexto de hoje)
E o próprio Deus afirma em sua Palavra que a unidade, quando o povo está unido em um propósito e uma só visão, nada poderá detê-los exceto o próprio do Deus se assim quiser.
E o Senhor os deteu porque o propósito deles era errado.
Agora, imagina  nos dias de hoje, se a igreja se unisse, deixando as diferenças, as suas placas, as suas "verdades" e "revelações" da palavra para se ater em um só propósito pelo qual Jesus morreu?  A Salvação. Quantos almas seriam ganhas para Jesus?

Há um tempo atrás escrevi sobre ->> Unidade  , é na unidade que o mundo reconhece a Cristo. Mas com tantas divisões, com tantos templos, será que o mundo está reconhecendo a Cristo? 
O mundo só reconhecerá a Cristo se houver união entre os irmãos e esta união independe de doutrinas ou denominações.

Eu olho para a igreja primitiva e não li em nenhum momento dizendo assim: 
'Denominação evangélica de Filipenses', ou ' Denominação casa de oração de Colossenses'
Nãaaaaao!
Eu vejo uma igreja em unidade num só propósito, uma só visão, uma só doutrina. A Doutrina de Cristo que é reconciliar o homem com o Pai. Uma igreja que repartia tudo o que tinha e de nada tinham falta.
E sinceramente não sei o que pensar, se é possível que haja unidade, pois creio demais que Jesus pode voltar a qualquer momento, porque a iniquidade tem aumentado e todos os indícios na Palavra leva-nos a crer que está mais próximo do que imaginamos. Só que eu não quero ir pra o céu de mãos vazias. Mas o que ocorre?
Você encontra pessoas com a mesma visão, mesmo propósito, ganhar vidas e logo é tido como rebelião. Tudo  para "ele"s que nada fazem é rebelião. Se o que dizem não condiz com a Palavra e as pessoas não concordam, são tidas como rebeldes. Colocam um julgo pesado demais na vida destas pessoas que querem fazer algo e não conseguem, porque vivem amendrontadas. É óbvio que não podemos começar a fazer algo de qualquer jeito.
O problema é, será que o Espírito Santo de fato tem liberdade em alguns lugares?. Deus é missionário, li outrora. E o que estamos fazendo?
E sim, sou a favor da submissão e autoridade. 
Mas se o líder não é submisso a Palavra, eu estou livre para sair daquele lugar e ir para outro arraial.
Acontece que alguns estão tão acostumados com a glória para si que se os irmãos se reúnem para orar, porque é bíblico orar uns pelos outros e os discípulos faziam muito isto nas casas dos irmãos, então é rebelião e querem fundar uma "denominação". 
O próprio Jesus advertiu sobre aqueles que nem entrava no céu e nem deixava que outros passagem. (parafrasiei)
Não sou a favor de rebelião, de divisão de igreja, de difamação, de criticar os templos que foram erguidos. 
Eu nem cito nome, porque quem vai julgar é Deus, mas posso citar exemplos, sem precisar denegrir a imagem de alguma denominação, acho coerente, porque não quero tocar no corpo de Cristo.
Não curto blogs sensacionalistas que só fazem propaganda do inferno, levando vanglória para satanás e não sabemos suas reais motivações se é de fato abrir os olhos do povo, porque até onde eu sei o papel é do Espírito Santo  convencer o homem do pecado, enfim. 

O que quero dizer é que hoje vejo o Corpo de Cristo divido por nome de placas de igrejas que não se unem porque não tem a mesma visão, o mesmo propósito de Jesus Cristo. Corpo dividido que irmãos de denominação amarela não pode ir para denominação azul. Os irmãos não podem sequer ter comunhão ou contato com estas pessoas. (Ridículo, pra não dizer diabólico)

Vejo templos que há muito tempo deixaram a glória de Deus, para se tornarem máquina de fazer dinheiro, para sustentar e oferecer luxo, com viagens e confortos para "ministros do evangelho". Enquanto que a igreja passa fome... Até já ouvi que não se deve dar esmola a um pobre porque Deus não irá recompensar. (Heresia) 
Eu olho para Africa e vejo o quanto somos nada, o quanto não adoramos a Deus verdadeiramente, o quanto damos a valor a coisas supérfluas e que se não tivermos cuidado, vamos estar igual a eles. Hipócritas e fariseus.

Eu ainda creio numa geração que não se vende e nem se prostra diante de Baal.
É possível ainda encontrar santos na casa de César? Sim, é possível e oro ao Senhor que eu os encontre, porque sozinha eu não vou muito longe.


Inté mais ler,
Anne Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!