Passaram por aqui:

quarta-feira, março 27, 2013

Mais leve...


Na verdade nem sei por onde começar... sobre o que vou falar hoje... o que posso dizer que um ciclo terminou e outro começa. Um novo ciclo, mais leve, mais serena, mais amor, mais vida, a vida de Deus, mais eu, tão eu...e Deus.
Eu não sei o quanto de dificuldade que cada um enfrenta ao nascer de novo e de perceber tempos depois que não é bem como você imaginava, e que na verdade igreja física é hospital para gente doente, pessoas com vícios e costumes que serão ajustados conforme o conhecimento da Palavra e prática porque sem a prática não surte efeito na nossa vida.
Eu imagino que todos também sofrem e já sofreram decepções, porque saímos de um mundo egoísta, maldoso, de pessoas más, que prejudicam umas as outras, vivem sem lei, sem importar com o sentimento alheio, sem respeito e tudo de ruim que o mundo oferece.
Mas ao passar você se depara com uma igreja que não é perfeita que também esta em processo de mudança. E você detecta um pouco do mundo no meio da igreja.
Eu não sei quanto a sua experiência, mas eu posso dizer que não foi das melhores... Mas o bom é descobrir que passei e continuo com Cristo, olhando para Ele, para o autor e consumador da minha fé. Durante todo este tempo o Senhor nunca me deixou sozinha, Ele sempre me trouxe pessoas para perto de mim para me ajudar, para estender as mãos, para me dar amor, para me ensinar, para corrigir, exortar...
O que eu ainda não havia compreendido era o valor e o poder da Graça na nossa vida. Por momentos quis buscar, exigir de mim mesma uma perfeição que não alcançarei por mais que eu tente, talvez para tentar ser aceitar por um meio grupo de pessoas?
É incrível como algumas coisas sorrateiramente acontece na nossa vida e nosso comportamento sem que percebamos, até um dia que, luz nas trevas!!!! 
A rejeição sempre foi algo que convivi durante anos na minha vida. E até Cristo voltar, sei que vou me deparar com alguns tipos de rejeição. A questão é, como vou lidar com isto. Minha resposta: Cristo Jesus.
Não me rejeitou quando eu era pecadora, muito pelo contrário, morreu por mim. O Senhor não me rejeita nem mesmo quando eu erro, quando falho na minha condição também humana. Perceber isto, fez toda a diferença. Esta fazendo a diferença. Para recomeçar, como se eu tivesse nascido de novo, há pouco tempo...redescobrindo este amor imenso do Pai por nós!
Tempo de desafios a serem superados, verdade! Barreiras a serem quebradas, verdade!
Mas as batalhas e barreiras mais difíceis que encontrei na minha caminhada cristã foram as que estavam dentro de mim mesma. E O Senhor colocou pessoas preciosas no meu caminho dos quais sou grata, muito grata a Deus. Barreiras dentro de mim foram destravadas...
É tempo de recomeçar... concluir sonhos... por ordem na casa.
Obrigada Espírito Santo, por estar comigo em todas as horas!
Obrigada pelas pessoas que cruzaram o meu caminho e fizeram toda a diferença.
Sim, é possível fazer a diferença em meio a iniquidade que vem aumentando. Sim é possível e eu quero, fazer a diferença, mais com minhas atitudes do que com as palavras.

Inté mais ler!
Anne Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!