Passaram por aqui:

sábado, agosto 14, 2010

Conhecendo a Palavra.

Caruaru, 18 de Julho de 2010

Não lembro qual a idade exata em que eu comecei a ler a Bíblia, é fato que eu não tinha o entendimento, eu lia, mas não compreendia ou achava que compreendia.
(Entre 7 ou 8 anos de idade)
Lembro da cor, era de uma capa dura e verde.
Imagine só que eu comecei a ler o apocalipse e comecei a ter pesadelos. (risos)
Então parei de ler o apocalipse e comecei por Gênesis...comecei a ter medo de Deus. Oo'
Passado alguns anos eu continuava lendo a Bíblia até pegar no sono...

Não lembro dos sonhos que eu tinha, não eram pesadelos, eram sonhos bons, é só o que me lembro.
Recebi o batismo na igreja católica aos 13 anos, até então eu era pagã no catolicismo e eu pensava que era por isto que vez ou outra tinha pesadelos. Me lembro como hoje, confessei meus pecados e me senti leve.

Teve bolinho e tudo mais para comemorar o meu batismo. Eu lembro que estava muito feliz.

Mas quando entrei na adolescência passei por um processo de desilusão do mundo em que eu vivia, e que eu vivia sonhando e imaginando, viajava na minha imaginação, e ainda me abstraio muito, percebi que a vida era muito dura e cruel. Então chorei e chorei muitas e muitas vezes, chorei.

Somente às palavras que estavam na Bíblia era o meu refrigério.

Me apaixonei por Cristo quando comecei a ler o novo testamento. E pensei muitas vezes como eu poderia de alguma maneira seguir o mesmo caminho ou pelo menos perto do que ele viveu.

Esta entrega, este processo de entrega da minha vida à Jesus, era algo que pulsava dentro do meu ser. Mas eu não sabia como fazer. A igreja católica não nos mostra como isto é possível.

Ela diz que eu posso ir para o pátio do forró, ou qualquer outro lugar, contanto que eu não deixe de ir na igreja e ofertar!

Sem querer criticar e já criticando, como servir a dois senhores?

A Bíblia é tão clara sobre como devemos viver.

E viver segundo os preceitos da fé e no espírito e não pela vontade da carne.

Eu não sabia como fazer. Tsc...

Tive muitos sonhos que me revelaram coisas que aconteceram. Recebi dois milagres.

Mas ainda assim eu não consegui manter-me em comunhão com Cristo. Como fazer?

Conheci muitos evangélicos(as) ao longo da minha vida. Conheci Hiljan Dutra, aos 16 anos, e me convidou pra fazer um teste na rádio de Bezerros, segundo ele, eu tinha voz para locução, imagina! Era de menor e painho não deixaria. Mas o que me marcou foi a frase que ele diz até hoje e agora na rádio Transamérica:

"Seja um jovem para frente e nunca deixe Jesus para tras."

Mas como??
Eu não conseguia me ver evangélica, ter uma vida privada, privada de muitas coisas, que eu julgava importantes e necessárias para a minha vida, ao começar pelo vestir. Saias? Que horror!
Engraçado que eu sempre tive o cabelo grande na cintura e cacheados e que às meninas "invejavam"...sempre alguém me perguntava se era evangélica, pela minha quietude e solitude e (hehe até pisarem no meu calo, quero dizer, isto antes, agora, opto pela mansidão e guardar o coração! Cristo sabe que estou tentando e vou conseguir.)

Na verdade isto já era um sinal de que um dia eu iria me converter.

Conversão, uma palavra pra mim soava como preconceito, então quer dizer que eu não cria em Jesus? Como assim? Eu acredito, não preciso aceitar! Esta era a minha resposta, sempre que um crente me perguntava se eu aceitava Jesus. Não sabia eu o significado de aceitação.

Segundo o dicionário dos "burros" ups!! brincadeirinha!!!

• Segundo Aurélio, aceitar significa: Consentir em receber (coisa oferecida ou dada).

• Ter como bom ou certo.

• Admitir, reconhecer: Aceito por verdadeira a doutrina.

Então, aceitar no sentido real da palavra, de coração contrito principalmente, Deus nunca desprezará.Mas antes de aceitar Cristo em minha vida, eu iria passar por muitas situações que implicaram e afetaram diretamente a minha saúde, minha auto-estima, nos meus sonhos e o meu coração.

Relatarei tudo isto em outro post estes caminhos árduos, das pessoas que conheci que eu pensei ter valido apena e das pessoas que nem pensei que estão na minha vida hoje e que foram importantes em minha decisões.

Hoje, sei que posso ler a palavra e ela brotará em mim e dará frutos. Não cairá mais em uma terra árida e seca.

Porque agora Cristo habita em mim, literalmente falando e conhecendo a palavra.



Amém!
Inté mais ler!
Anne Araújo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!