Passaram por aqui:

sexta-feira, junho 27, 2008

Como criar uma ONG?

Hoje em meio a um conflito interno e adaptação, andei pensando na pós graduação, e hoje decidi optar por sociologia...por quê?
Ainda quero fazer o mestrado, quero ser Mestra...rsrs em Administração. Mas também quero criar e administrar o terceiro setor.
Estou sonhando? Claro que não!
Estes caras aqui do C.E.S.A.R. não tinham recursos financeiros, apenas as idéias e o começaram com um projeto e 5 pessoas, numa sala úmida da UFPE e que não usavam para nada.
Foi lá que foi definido sua missão, valores e princípios...
Assisti a paletra com Silvio Meira na Faculdade ano passado...Caracas, foi emocionante, de arrepiar os cabelos da careca...rsrs
Saí de lá com uma motivação enorme. O cara é super simpático e muuuito inteligente!

O C.E.S.A.R – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife – é um instituto privado de inovação que cria produtos, processos, serviços e empresas usando Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Atuando há mais de 10 anos em âmbito nacional e internacional, o C.E.S.A.R interliga centros de inovação numa rede de conhecimento que realiza projetos de desenvolvimento conectados ao futuro, com qualidade e agilidade.

Desde sua inauguração, a instituição foi merecedora de uma série de reconhecimentos e realizações que mudaram o ecossistema de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) pernambucano e nacional - entre eles o Prêmio Info200 de Melhor empresa de serviços de software, o prêmio FINEP de mais inovadora instituição de pesquisa do Brasil, a escolha da instituição como exemplo de criação de negócios pelo World Economic Fórum e uma menção honrosa no Stockholm Challenge.

O C.E.S.A.R também faz parte do Porto Digital, ambiente de empreendedorismo, inovação e negócios de tecnologias da informação e comunicação do estado de Pernambuco que reúne mais de 100 empresas no pólo do Bairro do Recife.

Em onze anos de trabalho foram gerados mais de 900 empregos diretos, além da participação na criação de mais de trinta empreendimentos e estabelecimento de parcerias com clientes em todo o Brasil e no mundo, levando a instituição de um faturamento de R$ 12 mil em 1996 a R$ 48 milhões em 2006, e tornando-a referência na área de TIC.

Então? Por que não posso tentar? Será mais fácil lidar com pessoas voluntárias e gratificante para todo mundo.

Vou iniciar uma pesquisa, e penso num projeto social para minha cidade, sobre desenvolvimento sustentável...apenas para começar...e a ONG de fato, só quanto terminar o curso, pois preciso me organizar financeiramente e criar uma rede de contatos para fazer parcerias com pessoas que tenham o mesmo projeto.

E o nome? =))

Me perguntaram...ainda não sei.

Por enquanto ainda não passei para o papel minhas idéias inovadoras...

Começou hoje fazendo algumas pesquisas, procurarei alguns professores da faculdade... e pessoas envolvidas em projetos sociais. Quem sabe não dá certo?

Não vai me custar tentar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!